Nova economia exige que as empresas se transformem digitalmente

Os gestores da atualidade precisam aceitar que o universo corporativo mudou. A forma como as empresas se relacionam com seus clientes vem se transformando não a cada década ou século, mas a cada ano, devido principalmente à evolução tecnológica.

Então, não há mais como evitar a adoção das novas tecnologias, como cloud computing, Big Data, IoT, mídias sociais, etc. Para atuarem na nova economia, as empresas precisam, obrigatoriamente, adotá-las.

Empresas que ainda não aderiram à transformação digital certamente estão, nesse exato momento, sentido os impactos disso. Daqui a poucos anos, elas serão lançadas para fora do mercado, por não suportarem as pressões impostas pela nova economia.

No post de hoje, falaremos sobre essas pressões, e também sobre o que acontece quando uma empresa adere à transformação digital.

As pressões impostas pela nova economia

As principais pressões impostas pela nova economia são a:

Exigência elevada dos consumidores

É inegável o fato de que, no decorrer dos últimos anos, os consumidores têm ficado mais exigentes. Isso ocorreu principalmente por causa do acesso cada vez maior à internet, que deu ‘voz’ a eles. Agora, estão exigindo:

  • Produtos e serviços cada vez melhores, personalizados de acordo com seus desejos e necessidades;
  • Um ótimo suporte pré e pós-venda;
  • A minimização ou eliminação dos impactos ambientais causados pela sua produção.

Competitividade em alta

A entrada de empresas no mercado também aumentou muito nos últimos tempos, devido, entre outros fatores, à acessibilidade financeira das novas tecnologias. No passado, os sistemas corporativos eram muito caros. Isso barrava o surgimento de novos negócios.

Mas hoje, pequenos negócios podem contar com os mesmos sistemas e tecnologias usadas por gigantes do mercado, por um custo bem pequeno.

Evolução tecnológica constante

A cada dia que passa, surgem novas tecnologias que melhoram a forma como produtos e serviços são oferecidos. No caso dos produtos, as tecnologias que são lançadas ajudam principalmente a reduzir os seus custos e seu tempo de fabricação.

Empresas que não as adotam acabam produzindo produtos mais caros num prazo maior, o que as deixa um passo atrás da concorrência. E é por isso que elas precisam adotar as tecnologias que vão surgindo.

As organizações devem conseguir suportar todas essas pressões. Se deixarem de suportar apenas uma, certamente serão impactadas negativamente pela nova economia, e serão ‘empurradas’ pouco a pouco para fora do mercado.

O que acontece depois da transformação digital?

As exigências do consumidores são atendidas

Se a empresa não atender às exigências do seu público-alvo, ela perderá clientes e seu faturamento será reduzido. E somente com as novas tecnologias é que ela poderá atender tais exigências.

Os desejos e necessidades dos clientes podem ser melhor compreendidos com o uso do Big Data. Com essa tecnologia, é possível obter uma visão 360º de cada consumidor, para que um ótimo suporte e produtos e serviços personalizados sejam oferecidos à ele.

Quanto à redução ou eliminação dos impactos ambientais, ela pode ser feita por meio da cloud computing. Ela elimina a necessidade de manter uma infraestrutura de TI local na empresa – que consome muita energia elétrica – e reduz o volume de impressões, ao virtualizar os documentos.

A competitividade é suportada

Ao se transformar digitalmente, a empresa não perde competitividade no mercado. Ela pode ficar ou no mesmo patamar que seus concorrentes ou numa posição acima deles, caso ainda não tenham se transformado.

A evolução tecnológica é devidamente acompanhada

A transformação digital torna a infraestrutura de TI da empresa apta a suportar a evolução tecnológica constante. Ela pode aderir às novas tecnologias que surgem rapidamente, para poder colher os benefícios proporcionados por ela, como a redução dos custos dos produtos e serviços e do seu tempo de desenvolvimento.

Agora aproveite para saber como acelerar o processo de transformação digital e atender às pressões impostas pela nova economia o quanto antes. E se tiver ficado com alguma dúvida, basta escrevê-la nos comentários!

Deixe uma resposta